You are here

Fiquei sem eletricidade. O que posso fazer?

As falhas de energia elétrica podem ter várias origens:

  • Avaria, deficiência técnica ou operações de manutenção na rede de fornecimento. Verifique se no corredor comum do seu prédio existe luz ou se os seus vizinhos também não têm fornecimento;
  • Não pagamento de faturas, identificação de situações de fraude ou outros factos imputáveis ao Cliente;
  • Factos imputáveis ao Operador de Rede de Distribuição (ORD);
  • Avaria ou sobrecarga da instalação elétrica da sua casa (por avaria de algum aparelho ou por haver um número excessivo de aparelhos ligados em simultâneo).

Dependendo da sua natureza, algumas falhas de energia podem ser facilmente resolvidas por si, sem necessidade de assistência da Galp ou do Operador de Rede de Distribuição de Eletricidade. Assim, se tiver uma falha de energia, veja se algum destes casos se verifica:

1. Quadro geral
Se constatar que os seus vizinhos têm luz, verifique se o disjuntor geral ou algum dos disjuntores do quadro de sua casa se encontra desligado. Se estiverem desligados, volte a ligá-los. Depois de ligar todos os disjuntores, o que acontece?

Continua sem energia elétrica? Passe para o ponto 2.
Os disjuntores voltam a disparar? Passe para o ponto 3.

2. Todos os disjuntores estão ligados, mas não há energia
Contacte o seu Operador de Rede de Distribuição (ORD) e comunique a situação através do 800 506 506 (chamada grátis 24h). Tenha consigo uma fatura da eletricidade para poder comunicar o CPE (Código Ponto de Entrega).

3. O disjuntor voltou a disparar
Se o disjuntor voltou a disparar, pode haver uma avaria num dos aparelhos ou na própria instalação. Se estiverem muitos equipamentos a funcionar em simultâneo, também pode haver uma situação de sobrecarga.

Verifique se a potência que tem contratada é a mais adequada às suas necessidades, com o nosso simulador de potência.

4. Avaria ou sobrecarga num circuito elétrico
Desligue os disjuntores do quadro. Depois, primeiro, ligue o disjuntor geral. De seguida, ligue os disjuntores do quadro, um a um. Se um disjuntor ou até mesmo o disjuntor geral voltar a disparar, significa que é esse o circuito elétrico que está em sobrecarga ou que está na origem da avaria.

5. Avaria do circuito elétrico
Desligue todos os aparelhos ligados ao circuito elétrico correspondente ao disjuntor que disparou. Volte a ligar esse disjuntor e o disjuntor geral. Se estes, ou este, voltarem a disparar, trata-se de uma avaria do seu circuito elétrico.

Deixe o disjuntor que disparou desligado, ligue de novo o disjuntor geral e providencie a reparação do circuito elétrico.

Em caso de falta de energia, desligue todos os aparelhos que estejam ligados, uma vez que o fornecimento de energia pode ser retomado a qualquer momento, podendo provocar avarias nesse momento.

6. Avaria num aparelho específico
Ligue os aparelhos, um de cada vez, dos que se encontram no circuito cujo disjuntor disparou. Se, ao ligar cada um dos aparelhos de forma sequencial o disjuntor disparar, significa que é esse o aparelho que origina a avaria ou a sobrecarga do circuito elétrico.

Mantenha todos os aparelhos desligados, volte a ligar o disjuntor parcial e o disjuntor geral.

Ligue somente o aparelho que origina a avaria. Se o disjuntor disparar novamente o aparelho está avariado e deve providenciar a sua reparação. Se o disjuntor não disparar, em princípio, trata-se de uma sobrecarga elétrica, significando que não o poderá ter ligado em simultâneo com os restantes aparelhos do mesmo circuito.

Precisa de participar uma avaria ou solicitar apoio? Ligue para o Número de Avarias de Eletricidade: 800 506 506 (chamadas grátis 24h)

Este artigo foi-lhe útil?

  • 87
  • 100

Se ainda tem dúvidas, contacte-nos.